Fique por DENTRO

28
Fev
Radiações solares e a pele

Oncologia cutânea

Quais são as radiações emitidas pelo Sol ? Qual relação que  têm com a pele humana?

As radiações eletromagnéticas (  são ondas classificadas de acordo com o comprimento da onda emitida ( Figura 2). Radiação infravermelha , luz visível e radiação ultravioleta (figura 3) compõem a quase totalidade da radiação emitida pelo sol. Vamos entender cada uma delas :

 

1-Radiação ultra-violeta ( 10% da radiação emitida pelo Sol ) : Comprimento de onda entre 100 e 400 nm. É subdividida em :

I- UVA ( 315 a 400 nm) : responsável pelo envelhecimento extrínseco da pele ( fotoenvelhecimento )

II- UVB ( 280 a 315 nm) : pode causar danos ao DNA da pele levando ao surgimento de lesões cancerígenas.

III- UVC ( 100 a 280 nm) : esta é completamente absorvida pelo oxigênio e ozônio presentes na estratosfera portanto não apresenta uma importância médica imediata.

2-Radiação visível ( 40%) : 400 a 780 nm. Aumenta a degradação de colágeno na pele, portanto contribui para o fotoenvelhecimento.

3-Radiação infravermelha ( 50%) : Bandas superiores a 780 nm. Está intimamente ligada às mudanças de clima do planeta. É a radiação responsável pela sensação de calor .Na pele seus danos são semelhantes aos da radiação visível.

 

Este Post traz informações introdutórias sobre o tema “ Fotoproteção “ . Como é possível perceber esta se faz necessária em virtude dos malefícios apresentados. A radiação ultravioleta tem maior participação nesses fenômenos. No balanço devem ser incluídos os benefícios da luz solar ( exposições moderadas) como o efeito anti-inflamatório para determinadas doenças da pele e síntese de vitamina D. Lembrar também que os malefícios dependem de alguns fatores como horário de exposição solar, tempo de exposição, profissão, altitude, latitude ,presença  ou não de nuvens, presença ou não de materiais refletores  como a neve,  cor da pele , entre outros.

 

 

<<Voltar